Santa Maria de Tuiriz, nº16, 27593 O Pumar, Lugo
+34 610 33 84 92
fogardopumar@gmail.com

Historia da casa

Historia da Casa

As nossas referências mais antigas sobre ela tratam sobre a existência de um artesão que praticava o arte do ferro neste lugar. É por isto que ainda hoje se lembra ser chamada a “Casa do Ferreiro”. O documento da casa mais antigo de que dispomos é de 1962, ano em que o nosso Fogar estava a ser usado como palheiro. R Os palheiros foram muito importantes na aldeia de Tuiriz, pois aqui o cultivo do cereal tivo uma importância destacada, especialmente o centeio.

Durante umas décadas o Fogar do Pumar funcionou como palheiro mas acabou por mudar o seu uso para se converter numa casa de acolhida para familiares que tornavam da emigração. A casa ficou en desuso há 15 anos, uma mais na listagem de casas fechadas no rural galego.

Na atualidade, abrimos de novo com muita ilusão as portas e mudamos de novo o seu uso. Hoje goza da categoria de “Vivenda de Uso Turístico” e conserva a essência de casa de acolhida que tivo no passado, mas agora recebe viajantes que escolhem visitar a Ribeira Sacra e apostam por alojar-se em pequenas aldeias da Galiza. Um projeto que se soma a esta revitalização do rural no século XXI e o Fogar do Pumar já é parte da história do lugar.